Usando Google Keep como remédio para ansiedade

Se preferir assistir em vez de ler, veja no canal Enrique Sem H.

Andar só numa rua assustadora, se apresentar na frente de muitas pessoas, ou colocar o bumbum a rolo no Grindr, são situações hipotéticas onde sentir ansiedade é normal.

Quando ansiedade é preocupação e medo constantes, pode se enquadrar no transtorno de ansiedade generalizada, o meu caso.

Percebo que estou ansioso demais quando um pensamento que causa expectativa, me irrita, ou me entristece, se torna intenso e repetitivo. Se tento suprimir o pensamento, ele se torna mais obsessivo e maior!


Então como vencer a ansiedade?


Já que pensamentos surgem sem autorização, tento tratá-los pelo que são: simples pensamentos. Não preciso brigar com eles. Menos ainda na dimensão mental, onde eles têm vantagem sobre mim.

Eu converto o pensamento para um texto, lista ou nota, e o cérebro dispensa essa notificação preocupada que alimenta a ansiedade.

Brinco que desenvolvi o RRPP: “Registro Rápido de Pensamentos e Preocupações” misturando o que aprendi com o Dr. David D. Burns, que escreveu o livro “Feeling Good” sobre terapia cognitivo-comportamental; e baseado nos estudos de escrita expressiva, usada como terapia por um dos maiores pesquisadores de traumas no mundo, o Dr. James W. Pennebaker.

Ele diz que por mais que pacientes não gostassem de escrever no início, ao final da terapia, depois de 6 meses escrevendo ao menos 20 minutos por dia sobre traumas e estresses e preocupações, houve melhoras notáveis na irritabilidade, apneia do sono, enxaquecas, asma, reumatismo, HIV, câncer e ansiedade!

Escrever sobre problemas ou organizar uma lista de afazeres pra semana ajuda o cérebro a estruturar o pensamento em vez de deixá-lo à deriva para ser capturado pela ansiedade e transformado num problema maior do que é.

Para anotar afazeres, preocupações e ideias num flash, uso o sistema de duas listas: “Ações Seguintes” e “Depósito do Cérebro”.


O Depósito do Cérebro é onde anoto as notificações que meu cérebro me envia, sem pensar muito nele, nem na organização: apareceu, perturbou, anotei. Qualquer coisa! Na hora!

Aí não demoro para atualizar a lista de Ações Seguintes, com as coisas que posso ou preciso fazer imediatamente, organizadas das mais simples, que levam até cinco minutos, às mais complexas.


Se não consigo cumprir os afazeres, não me penalizo nem me odeio. Simplesmente seleciono as ações que não concluí naquele dia, recorto, e jogo de volta pro Depósito do Cérebro.

Ao menos uma vez por semana eu limpo o Depósito do Cérebro e jogo fora tudo que não presta ou realoco o que anotei para locais específicos. Cada tag do Google Keep pode organizar um nicho temático, como ideias para livros, para vídeos, afazeres da semana que vem e por aí vai.

O bom de usar o Google Keep pra isso é que as anotações fica em nuvem, completamente seguras e acessíveis por internet do meu smartphone, notebook ou desktop. Em vez de limitar o uso do celular às redes sociais ou consumir conteúdo inútil, uso a tecnologia para melhorar minha vida.


O resultado é uma atenuação assustadora da minha insônia: vou dormir de cabeça vazia e acordo relaxado; sem falar que é curioso organizar as notas depois, porque ao me estudar, vejo como estou aprendendo a dialogar melhor comigo simplesmente ouvindo meus pensamentos.

Quanto mais repreendido for um pensamento, mais violenta e insistentemente ele ecoará na sua cabeça. Chega o ponto que uma preocupação vira desespero, e desespero vira pânico, e nesse nível viver é um inferno.

Com essa série de vídeos e posts sobre como eu venci a ansiedade, quero te poupar de chegar nesse estágio e sair de vez desse pesadelo. ■

  • Procure sobre terapia cognitivo-comportamental, especialmente se souber inglês e puder ler o livro do David D. Burns no celular;
  • O título brasileiro e horroroso do livro de James W. Pennebaker é "Abra seu coração: o poder da cura através da expressão das emoções". Parece não estar circulando mais, então procure na internet, prioritariamente em inglês;
  • Esse post não substitui terapia psicológica com profissionais. Se estiver perdendo o controle ou sem esperanças, gaste suas energias caçando bons profissionais ao seu alcance, muitos gratuitos em universidades e postos de saúde, pois fará toda diferença!


Quer conhecer melhor a mim e meu canal?
Comece por aqui: