Já sentiu tanta solidão ao ponto de querer morrer?

Um Gay Suicida em Shangri-la

Baseado na história real do autor Enrique Coimbra, Eduardo foge da família homofóbica depois de sobreviver a uma tentativa de suicídio, em busca da chance de ser amado por quem ele realmente é — e isso inclui o fato de que ele é um garoto que beija garotos.

 

PRA QUEM GOSTA DE:

  • Leitura dinâmica

  • Lições de vida e superação

  • Livros LGBTQ

  • Amadurecimento

  • Psicologia e depressão

  • Discutir tabus sociais

  • Literatura nacional

  • Apoiar artistas independentes

"Na jornada à própria Shangri-la, Eduardo verá que alguns fantasmas são impossíveis de despistar, não importa quantas caronas peça."

 
 

PERGUNTAS

FREQUENTES

O QUE É SHANGRI-LA?

  Shangri-la é um paraíso escondido habitado por diferentes etnias de pessoas convivendo num ambiente de puro amor e harmonia. Criada pelo escritor inglês James Hilton, Shangri-la foi apresentada ao público no livro Horizonte Perdido (Lost Horizon) em 1933, e desde então se mantém viva na cultura popular.

A HISTÓRIA É REAL?

  Um Gay Suicida em Shangri-la é um romance de ficção LGBTQ baseado na tentativa de suicídio do autor, Enrique Coimbra, por complicações da depressão que combatia desde os 12 anos.

A CIDADE "ESTRELAS" É REAL?

  Diferente do livro Sobre garotos que beijam garotos ou Os Hereges de Santa Cruz, que se passam em locais verdadeiros da cidade do Rio de Janeiro, Estrelas é uma cidade inventada pra compor parte das simbologias na história de Um Gay Suicida em Shangri-la.

QUEM É ENRIQUE COIMBRA?

  Enrique escreveu Os Hereges de Santa Cruz, Sobre garotos que beijam garotos, e a Série Literária Lado B. Sob o apelido Enrique Sem H, divide reflexões em vídeos para controle emocional e amadurecimento - saiba mais aqui.

💖APOIE ARTISTAS INDEPENDENTES💖

MANIFESTO POR

Um jeito de ajudar escritores, pintores e artistas que criam sem contratos de publicação e distribuição com grandes empresas, é comprando diretamente com artistas - sem terceirizações nem pirataria.

Amazon e Kobo ficam com 70% do preço dos meus livros vendidos nas plataformas deles, por exemplo. Já comprando aqui, direto do meu site, o sistema fica com 5% (bem mais justo, né?).

Vou deixar links pra você comprar minhas obras onde quiser porque o importante é ler - meus livros ou não 😂

 

Só não deixe pra depois. ■

 
 
Um Gay Suicida em Shangri-la

LEIA O 1º CAPÍTULO

Aproveite uma amostra do livro Um Gay Suicida em Shangri-la por aqui.

Um Gay Suicida em Shangri-la
Spotify

OUÇA A PLAYLIST NO SPOTIFY

Siga o mix inspirado no livro Um Gay Suicida em Shangri-la tocando aqui.

 

TAMBÉM CONHECIDO COMO

  Lançou o primeiro volume da série Lado B quando tinha 15 anos - o terceiro volume, aos 18 anos, na mesma idade em que parou de escrever pra experimentar uma vida "padrão" cursando Design na faculdade.

Deprimido, precisou abandonar o curso no último ano e escreveu Os Hereges de Santa Cruz pra internet. Depois veio Sobre garotos que beijam garotos. Após uma tentativa de suicídio, lançou Um Gay Suicida em Shangri-la em 2014.

Não publicou nada novo desde então.

 

Imergiu na experiência de estar livre das correntes da depressão pela primeira vez, com novos hobbies e profissões, mas não deixou de escrever - só deu menos atenção às expectativas de publicações.

Agora as coisas estão diferentes ✍️